top of page

Mães e médicas: mulheres com dupla jornada de cuidado

Atualizado: 18 de mai. de 2023





Em pleno século XXI as mulheres seguem lutando para participar do mercado de trabalho e de profissões ditas "masculinas". E a medicina é uma destas áreas que sempre foram dominadas por homens. Aos poucos esse cenário está mudando, e já temos pesquisas apontando que em 2024 haverá mais mulheres do que homens na medicina. E com essa maior participação das mulheres na medicina, também vamos ter mais participação de mães (das que escolherem esse caminho, claro).


De tantos desafios de vida que se apresentam às mulheres da sociedade contemporânea, talvez o maior deles seja a difícil arte de equilibrar a vida profissional com a maternidade. Antigamente, há 30 ou 40 anos, o pensamento era de que uma mulher que não se casasse e não tivesse filhos, jamais se realizaria. Vinte anos atrás a máxima era a de que uma mulher que não tinha uma carreira, não se realizaria. E, hoje em dia, estamos em transição, estamos começando a acolher e acomodar o que as mulheres de fato querem, e respeitar as escolhas únicas de cada uma. Ser casada, ou não, ter filhos ou não, ser profissional ou não.


A verdade é que estar atuando no mercado de trabalho e tornar-se mãe exige muito esforço, disciplina, organização e rede de apoio. Para as médicas não é diferente. Soma-se aqui o fato de médicas muitas vezes fazerem plantão, atenderem a chamados de emergência a qualquer momento e enfrentarem longas jornadas de trabalho em lugares muitas vezes insalubres, que podem oferecer riscos aos seus filhos e familiares. Mas, é possível! Principalmente com rede de apoio e muito amor envolvido!


Em homenagem ao Dia das Mães, queremos divulgar algumas mulheres, que escolheram esta dupla jornada de cuidado: ser médica e mãe.


Fizemos uma lista de médicas criadoras de conteúdo com as quais podemos aprender e nos inspirar:




De Florianópolis - SC, a Dra. Amanda Ibagy é pediatra, oncologista pediátrica e especialista em aleitamento materno. Além de tudo isso, se dedica ao ativismo pela amamentação e desmedicalização da infância.




A Dra. Raquel del Monde é médica especialista em autismo, TDAH e outros transtornos de neurodesenvolvimento. Produz conteúdo informativo para profissionais de saúde e público geral e ainda conta relatos pessoais de sua experiência como mãe de pessoa com autismo.



Médica pneumologista, a Dra. Letícia Kawano-Dourado iniciou sua formação em São Paulo, mas já rodou o mundo em sua carreira acadêmica. Sua presença online informa sobre assuntos específicos de saúde respiratória e ressalta a importância do pensamento científico na tomada de decisões médicas.



Grupo de médicas de diversas especialidades que se uniu ao formar uma rede de apoio após a maternidade. Aproveitando o vínculo criado pelas mães, iniciou-se uma rede de apoio e uma forma de divulgação de informações para promoção de saúde.



A Dra. Giulianna Pansera é médica endocrinologista e dedica seu trabalho (online e em consultório) à promoção de saúde e de um estilo de vida saudável.



Especialista em Ginecologia e Obstetrícia, a Dra. Erica Mantelli tem uma clínica focada em saúde da mulher. Colunista da Revista Crescer, escreve sobre gravidez saudável, parto e desenvolvimento do bebê na gestação.



A visão humanizada da pediatria é o foco da Dra. Kelly Oliveira. Com esse objetivo, a pediatra fundou o "Espaço Médico Descomplicado" para atendimento multidisciplinar integral e humanizado à criança. Online, aborda assuntos bastante abrangentes de grande interesse no bem-estar infantil, incluindo autismo, sono e amamentação.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Obrigado pela sua inscrição! Você receberá conteúdos do Blog, informações de cursos, treinamentos e promoções.

bottom of page