top of page

Número de videolaparoscopias pelo SUS chega a quase 200 mil em 2023 e mostra cenário de crescimento no país

Dados do Datasus mostram um aumento de 10% em relação a 2022.


número de videolaparoscopia

Os procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos, como a videolaparoscopia, são uma tendência no Brasil por diversos motivos, principalmente pelo bem-estar e segurança oferecidos aos pacientes. Segundo dados do Ministério da Saúde, apenas no ano de 2023, foram contabilizados 192.159* videolaparoscopias no país pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 


Em 2022, o total desse tipo de procedimento na rede pública chegou a 174.850*, comprovando o cenário de grande procura para os mais variados casos clínicos, entre eles, cirurgia bariátrica, hérnia umbilical, gastrostomia e miomectomia.


Apesar de o volume de cirurgias tradicionais (com cortes) ainda ser consideravelmente maior, esses dados mostram que o número de videolaparoscopias está crescendo, o país está progredindo a cada ano na oferta de procedimentos mais modernos para os pacientes, o que exige cada vez mais investimentos por parte das instituições de saúde. Além disso, os médicos também precisam se atualizar para acompanhar as perspectivas de crescimento e maior procura por videolaparoscopia nas unidades de saúde.


Nesse contexto, é importante que os profissionais busquem cursos e treinamentos capazes de ajudá-los no aprimoramento das habilidades técnicas e manuseio dos equipamentos. Esse tipo de qualificação traz segurança na hora de colocar em prática a videolaparoscopia e ainda aprimora o currículo, aumentando a competitividade do médico diante da concorrência. 


Recentemente, a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), localizada em Rio Branco, adquiriu novos equipamentos de videolaparoscopia com o objetivo de melhorar o atendimento prestado no local. As principais cirurgias a serem realizadas seriam a colecistectomía, a retirada da vesícula, hernias incisionais, hérnias umbilicais, hérnias inguinais, histerectomias e outras. 


“O foco está no cuidado em proporcionar qualidade de vida e conforto aos pacientes por meio de métodos tecnológicos avançados na área cirúrgica”, destacou o supervisor técnico do Centro Cirúrgico e da Central de Material Esterilização (CME), Márcio Sabino, em entrevista divulgada pelo governo estadual.

Se você deseja melhorar suas habilidades na prática de videolaparoscopia, o Instituto Simutec tem cursos específicos para te atender de forma 100% prática e inovadora. Com centros de treinamentos em São Paulo e em Porto Alegre, a programação do curso conta com uma metodologia que foca no desenvolvimento individual do aluno. Vale a pena conhecer!


*FONTE:

Ministério da Saúde - Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS).

Imagem de stefamerpik no Freepik





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

Obrigado pela sua inscrição! Você receberá conteúdos do Blog, informações de cursos, treinamentos e promoções.

bottom of page